Investimentos no Exterior

Imposto sobre herança: como funciona a tributação das Bolsas americanas

Alice Porto 06.08.2021 3 minutos de leitura
Imposto sobre herança: como funciona a tributação das Bolsas americanas

Investir na gringolândia é chique demais! Ser investidor nos Estados Unidos e explorar novos mercados é muito bom, mas tem um detalhezinho que assusta quem está se arriscando nessa nova empreitada: o imposto sobre herança.

Se você já ouviu falar desse tal de imposto sobre herança, deve saber que nos EUA as taxas podem chegar a até 40%. Já pensou? Isso é de assustar qualquer investidor.

Mas opa, calma lá! Ainda não é o fim da linha para você que quer se aventurar nos investimentos gringos. Fica aqui comigo, porque nesse artigo vou te ensinar tudo o que você precisa saber sobre o imposto sobre herança nos EUA para investidores. E melhor: vou te dar um presentão gratuito!  

O que é imposto sobre herança?

Imposto sobre herança, ou ITCMD (Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação), é uma taxa cobrada sobre, como o próprio nome diz, heranças. Bem óbvio, né? Além disso, essa taxa também pode ser aplicada sobre doações. 

Apesar de termos cobrança de impostos sobre heranças aqui no Brasil também, vamos nos ater apenas às cobranças feitas a investidores que negociam nas Bolsas de Valores americanas, combinado?

Essa taxa costuma assustar os investidores que querem negociar no mercado estadunidense. Afinal de contas, as taxas cobradas lá costumam ser bem altas, podendo chegar a até 40%. Já pensou ter que pagar 40% do seu patrimônio? Chato, né? 

Mas calma, porque até o final desse artigo você pode encontrar esperança. 

Ah, e para você não se desesperar, trouxe esse presente gratuito e completo: um e-book para você aprender tudo sobre a tributação das Bolsas americanas.

Imposto sobre herança nos EUA: quem deve pagar?

O herdeiro da herança, após o inventário, deve pagar o imposto aos Estados Unidos. A taxa é cobrada sobre todos os bens e direitos possuídos. Clareou? 

Esse tributo se aplica a qualquer bem. Dentre eles: 

  • Imóveis;
  • Dinheiro em moeda estrangeira ou nacional;
  • Fundos de investimentos ou qualquer outro título de renda fixa;
  • E, para fechar, aquele que você não gostaria de ver nessa listinha: investimentos em renda variável.

Sim, investidor. Os seus investimentos gringos estão sujeitos ao imposto sobre herança. Pobrezinhos dos seus filhos…

Alice e crianças chorando porque foi taxado o imposto sobre herança

Mas como eu disse, depois da tempestade há esperança. E a esperança tem nome: isenção

Como funciona a isenção da taxa sobre herança do investidor? 

Eu sei, o imposto sobre herança assusta. Parece que esse leão gringo não está para brincadeira, né? Só falta pedir a roupa do corpo para deixar você investir nos EUA.

Mas aí vem a boa notícia: só quem tem mais $60.000,00 dólares investidos precisa pagar essa taxa. SESSENTA MIL DÓLARES. Se você tem tudo isso, então tem mais motivos para comemorar do que chorar, não é mesmo?

Agora, se você ainda não tem tudo isso – calma, nossa hora vai chegar! -, pode ficar tranquilo, relaxar essa mandíbula e soltar os ombros, pois você está isento do imposto sobre herança. Bom demais, né? 

O imposto sobre herança mete medo, é verdade. Mas no final nem é tão ruim assim. Pode investir tranquilo, só lembra que o leão gringo também vai querer dar a mordida dele!

Para a parte do imposto sobre herança, apenas um advogado mesmo te ajudaria, por não se tratar de Imposto de Renda, entretanto, se precisar de ajuda para resolver todo o seu IR de Bolsa dos EUA, minha equipe de especialistas está à disposição.

Alice Porto
Alice Porto Contadora da Bolsa
Alice Porto é graduada em Ciências Contábeis pela PUC Minas e tem 25 anos de experiência em gestão empresarial. Especializada em contabilidade para investidores da Bolsa de Valores, ela é fundadora do canal @contadoradabolsa e autora do livro "101 Perguntas e Respostas Sobre Tributação em Renda Variável".

Leia também